Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘bebida’

O cara, casado há anos, resolve em um dia de verão, com a família na praia, que deve enfiar o pé na jaca, já que sua vida estava um tédio. Anos de bom comportamento lhe proporcionaram uma vida sem emoções. Não bebia mais, não fumava… enfim, praticamente um morto vivo sepultado na rotina diária…

Sai do trabalho, vai para casa, assiste um pouco de televisão e, lá pelas tantas, tomado pela fúria de notar que vidinha de merda levava, coloca uma bela roupa, perfume e se vai para a noite em busca e qualquer coisa… nenhum amigo disponível para ir junto e nem orientá-lo para onde ir, resolve seguir o fluxo e ver onde  tem mais movimento.

Vê um aglomerado de gente em frente a uma casa noturna, e, pelo que apresentava na frente, parecia que o número de mulheres superava o de homens.

Entra e nota um ambiente de pessoas com pouca idade, que já não era mais o seu caso, mas, uma vez lá dentro, lá ficou…

Com um mix de músicas entre o sertanejo universitário, o funk e o pagode, seus ouvidos clamavam por misericórdia, mas, por outro lado, a dança das moças podia ser apreciada em toda a plenitude do que as músicas insinuavam a todo instante…

Ele fixa o olhar em uma loira de pouca idade, que ao som de um funk, parecia não ter ossos no quadril… e, boquiaberto, tentando ser discreto, se escora no bar para olhar…

uma outra moça para ao lado e diz:

– Seu nome?

– Ã?! – Responde ele sem ouvir pela altura do som…

– O NOOOMEEEEE…

E a partir dali o diálogo segue em caixa alta…

– Ah, Ricardo, e o teu?

– O meu???

– ÉÉÉÉÉ, O TEEEEU…

– ANDRÉÉÉÉIAAA…

– LEGAL… MUITO PRAZER!

– O QUE FAZEEER???

– EU DISSE PRAZEEER!

– AH SIM, EU TRABALHO COM ISSO, MAS HOJE TO DE FOLGA!

– Ã?!

– TU NÃO PERGUNTOU SE EU TRABALHAVA COM PRAZER?

– NÃO, EU DISSE MUITO PRAZER!

– É CLARO… MUUUUITO PRAZER!!!!

– AH, DEIXA PRA LÁ…

– SIM, VAMOS PARA LÁ!

– LÁ ONDE?

– LÁ COM UMAS AMIGAS… VAI BEBER ALGUMA COISA?

– SIM, VAMOS PEDIR ALGUMA COISA… O QUE TU BEBES? (diz ele gaguejando)

– UM MARTINI… QUERO COM CEREJA!

– CERVEJA?

– NÃO, MARTIIIIINIIIIII! CEREEEEEJAAAA!

– AH, BELEZA! GARÇON, UM MARTINI COM CEREJA! E PRA MIM, UM REFRI!

– E ENTÃÃÃÃO, O QUE TU VAI PEDIR PRA TI?

– GRAPETTE!

– O QUÊ?! AQUI???? NA FRENTE DE TODO MUNDO??????

– COMO?

– POIS É, TAMBÉM NÃO SEI COMO… TALVEZ ALI NAQUELE BANHEIRO….

Ele nem sabe mais se responde ou não, então, apenas sorri…

Ela o pega pela mão e vão a um banheiro que estava praticamente vazio… chegando lá, a porta fecha e o som abafa, dando para ouvir a voz do outro…

– BÁ, AGORA DÁ PARA OUVIR, NÉ? – diz ele ainda com a voz alta…

– Ah, é dá sim… – responde ela com um timbre de voz estranho…

– Tu está com algum problema de voz? – pergunta ele…

– Não, responde ela… que, à luz do banheiro mostrava toda a produção que envolvia desde maquiagem à intervenções cirúrgicas e preenchimentos faciais…

Ele começa a suar frio e a procurar o gogó na garganta da moça… o porte era pequeno, mas, vai saber… olha para os pés dela, tentando ver se calçava mais de 40, mas, esses malditos Scarpins com bico fino e alongado não deixam se ter noção entre pés pequenos ou grandes…

Ele se pergunta se aquilo poderia ser tratamento hormonal de uma moça para ficar bombada ou de um moço para virar moça…

A respiração começa a ficar ofegante… ela, notando, já o atira para dentro de um reservado, e, ajoelhando e puxando suas calças, ameaça iniciar o serviço… ele, completamente nervoso, não consegue ficar em “alerta” pela dúvida… e agora? Arrisca ou sai de fininho???

Na última hora, a pergunta derradeira dele:

– Que tal colocar chantilly aí?

Ao que ela responde:

– Deus me livre, aí minhas celulites voltam todas!!!! E haja academia!!!

AAAAAH, É MULHER, GRAÇAS À DEUS!!!! – pensa, ao sorrir aliviado

E então ele relaxa e o amigo sobe…

Essa é homem...

Essa é homem…

E esse é mulher... é... tempos difíceis esses...

E esse é mulher… é… tempos difíceis esses…

Anúncios

Read Full Post »

E lá se foi 2012… passou voando, né?

Todo mundo já ouviu isso, nem que seja num elevador ou na fila do banco, na falta de assunto melhor…

mas, os anos passam rápido mesmo… ainda mais para quem repete tudo e se perde na rotina diária…

Mas, o ritual do ano novo, e as (ARGH) tradições que a data pede,  são aquele alento de que “daquiiii pra freeeenteeeee, tudoooo vai ser difereeeeenteeeee” (como diria o Rei Roberto Carlos, antes de acrescentar o “você tem que aprender a ser gente, o seu orgulho não vale nada…”).

Pois eu diria que devemos estar fazendo algo errado…

Vestir branco para pedir paz… PAZ? E de que adianta você se vestir como um pai de santo ou dentista se você vai seguir o resto do ano xingando todo mundo só porque não fizeram as coisas do jeito que você queria?

Comer lentilha e repolho para ganhar grana… até hoje, sigo dizendo, só serviram para me fazer passar o resto da noite peidando tipo bicho… quer grana? Vai trabalhar!! (ou arrumar marido rico)

Se o lance for arrumar marido rico mesmo, colocar aquele vestidinho vermelho “pode vir quente que eu estou fervendo” pode passar mais a impressão de que você quer dar desesperadamente para alguém na festa da “virada” (virando ou não), do que querendo um relacionamento à longo prazo…

Pular 7 ondas? Sim, é divertido para ver as gatas se molhando (ainda mais as que estiverem de roupa branca e tals…), de resto, isso não fará o seu ano melhorar a menos que você FAÇA ALGO PARA ELE MELHORAR…

Ai Ferris, que vergonha...

Ai Ferris, que vergonha… começou com o pintor dizendo “é pró-seco” e terminou com ele dizendo “é pro seu cu…”

Pois, comece livrando-se da culpa do dia seguinte da festa, curando a ressaca e começando a pensar que só há uma maneira de 2013 ser um ótimo ano… é fazendo com que ele seja um ótimo ano dia a dia…

Esquece peças de roupa, comidas, rojões, ondas ou qualquer que for a porcaria que te disseram para fazer na noite do dia 31, NADA, eu disse NADA disso adianta a menos que você passe o resto do ano mentalizando sempre seus objetivos… que esqueça promessas bestas e fique com o que é possível… com o que é palpável…

não venha com a merda da “paz mundial” se você é incapaz de viver em paz com o vizinho do lado…

comece com o simples… o corriqueiro… o fácil… se funcionar, vá incrementando…

Siga nos dias seguintes à virada como se estivesse mentalizando no dia anterior… só que com menos bebida, claro… mentalize coisas boas todos os dias… e não em data específica…

Comer antes ou depois da meia noite? A ceia antes, a namorada depois… ou vice-versa…. não recomendo os dois ao mesmo tempo pois pode dar congestão…

Read Full Post »

%d blogueiros gostam disto: