Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘merda’

Sinto que vou dar um tiro no pé e arrumar sarna, mas, vamos lá, alguém tinha que dizer isso algum dia…

A nossa tão decantada música POPULAR brasileira é uma MERDAAAA!

Sim, uma merda!

Com raras exceções, a grande maioria do que faz sucesso hoje em dia (e antigamente) só dá para aturar fora do estado normal de consciência…

Sim, elas aumentam o consumo de álcool, drogas e, considerando o funk e a nova merda “sertaneja universitária”, o consumo de camisinha ou pílula do dia seguinte também…

Aliás, que merda é essa de dizer que essa bosta que tocam é sertanejo? Só porque tem uma gaitinha muquirana no meio da batida? E universitário????? Tá de sacanagem, né?

Tentaram justificar o nome “universitário” no sertanejo porque, supostamente, era algo diferente dos chorões cornos lá das grotas que faziam aquelas gritarias pra dizer que tomaram chifre…

Pois não dá para considerar universitário coisas como “barabarabara bereberebere”, “tchutchatcharatchutchutcha”, “Lelele” e outras pérolas espetaculares usadas por nossos “artistas” de hoje em dia…

A julgar pelos refrões, acho que deveriam chamar de “Sertanejo Pré-Primário”… só ganhando do Axé, que só sabe usar vogais… “AêêAêêIOuOUououAêêIleaêêÊ”…

Entrem em acordo… ou o sertanejo vira primário, ou o Axé vira música para pessoas com paralisia cerebral…

Ufa… e nem cheguei no funk ainda… mas, vamos prosseguir com fé em Jesus! Sem esquecer das músicas GOSPEL… com aquelas músicas com sentido dúbio, do tipo “ENTRAAA EM MIMMMMM!”. Digamos que tentar se conectar com Deus é legal. Não se discute isso, embora, devamos ponderar que Deus verdadeiramente é todo amor, pois para aturar isso tudo, só sendo alguém com amor infinito…

E o que dizer da Bosta Nova? Música que sabe-se Deus lá porque consideram sucesso, que volta requentada sempre em uma entrada de novela da Globo do Manuel Carlos, e que azucrina todo santo dia os ouvidos daqueles mortais que tem mulheres que vêem novela…

Esse cara sou eu!

Esse cara sou eu!

Não há como um ser humano normal gostar de Bossa Nova… é praticamente um convite para cortar os pulsos… e endeusar o João Gilberto, que além de chato pra caralho, ainda tem uma voz que não dá para classificar como de um cantor profissional… fora o teor das letras… uma pérola do Jardim de Infância… A do patinho então… pelamor!

Só se salvam os “tarados de Ipanema”, mais pelo seus gostos apurados para mulher do que para o resto…

E seguindo a linda do “Nada é tão ruim que não possa ser piorado”, ilustro aqui este post com essa (merda) música que resolveu juntar todos os refrões abobalhados em um só…

Detalhemos a letra inspiradíssima…

Mistura das Baladas

“O mundo inteiro tá curtindo essa balada
DJ aumenta o som, se liga aí nessa parada
Pra nossa diversão eu misturei esse refrão
Que deixa louca a mulherada

Tcherere Tche Tche, Tcherere Tche Tche
Eu sei fazer o Lelele
Eu quero tchu, eu quero tcha
Ai se eu te pego ai ai, você vai ver (2x)

No mexe, remexe, remexe, mexe
Remexe, remexe, mexe, remexe, remexe, mexe
No mexe, remexe, remexe, mexe, remexe
A gente canta e a mulherada mexe mexe”

Carlos Guerra / Porteira Brasil

“O que eu vou dizer lá em casa?” Como diria Sílvio Luís…

Amigos, um conselho: Se é para deixar a mulherada louca, tentem dar champagne à elas… e, se não funcionar, dá tequila… simples assim…

Agora, se me permitem aprofundar o conselho: com uma música de merda dessas, ao invés de foder a “mulherada louca”, vocês estão é fodendo com a paciência de TODO MUNDO!!!

Cadê meu sublingual?

Não cheguei no funk ainda??? Ah, nem precisa… afinal, o funk nada mais é do que instruções para sexo anal com acompanhamento sonoro…

Acham ainda que eu preciso falar algo a respeito? Deixo aqui a linda letra da Walesca Popozuda (que faria carreira melhor nos filmes pornôs) e o McCatra, que podia ser cover do Kid Bengala e ir esvaziar o saco em quem gosta disso ao invés de encher o meu…

Walesca querida, se o seu cu piscar, filhota, me manda um e-mail ao invés de cantar uma merda dessas, porra!!!

Catra, querido afro-tarado, vai pra puta que  te pariu! Embora eu concorde com a parte da “mamada e copo d’água não se nega a ninguém…”…

 

Anúncios

Read Full Post »

Parece brincadeira, mas é verdade, infelizmente.

Ontem escrevo sobre a tia que denunciou os policiais que despacharam o vagabundo no cemitério… e, hoje, me dou com a seguinte notícia:

Vigia preso após atirar contra assaltante é solto em Porto Alegre

Homem de 43 anos se tornou o personagem principal de uma história inusitada

Quem quiser ler na íntegra, clique no link acima…

Bom, mas, resumindo a encrenca, um vigia percebe uma tentativa de assalto, salva a família matando o bandido e acaba preso porque não tinha porte legal de arma…

Vejam só…

estamos agora prendendo os heróis…

Chegamos ao ponto de uma sociedade em que os corajosos vão em cana…

É ou não é pra foder com a capa do Batman?

O cara salva uma família, manda um vagabundo pro inferno e vai em cana porque não tava com a papelada em dia…

Todo mundo sabe que a papelada de porte de arma é feita justamente para convencer o cara a não ter porte de arma… além de ser caríssimo, é uma BURROcracia gigante…

Desarmar os bandidos que é bom, nada…

É, acho melhor que a gente se acostume a ser vítima, porque do jeito que a coisa anda, o melhor que temos a fazer é morrer quietinhos e sem espernear…

Aí, fecho o jornal emputecido da vida com merda da notícia… ligo a televisão pra ver se me distraio… aí dou de cara com o imbecil que matou as crianças no RJ…

É dose pra mamute…

Só a base de Lexotan com Tequila pra aturar… sanidade mental é pros fracos…

“Isso do pessoal reagir não é bom pros negócios…”

Read Full Post »

A chatice humana é algo que não tem limites… você fala algo ruim e logo vem um ‘preconceituoso’ em seguida…

Como eu já disse 1.234.456.433 vezes, preconceito é o “Conceito ou opinião formados antes de ter os conhecimentos adequados.”, logo, quando se tem o conhecimento de alguma coisa para emitir a opinião, isso deixa de ser preconceito e vira conceito mesmo…

Então, assistam a prova irrefutável de que QUALQUER IDIOTA PODE SER FUNKEIRO NA VIDA.

Read Full Post »

O pessoal que faz nossas leis ou tergiversa sobre, provavelmente está consultando Murphy para tal. Pois certamente tentam piorar as coisas sempre, como se já não estivesse ruim o suficiente.

A discussão do momento é sobre o reajuste da pena máxima. De 30 para 50 anos. Aí tem um monte de blablabla sobre a pena progressiva, as regalias dos presos. O pessoal contra e o a favor. Discussão digna de uma sequencia do Tropa de Elite.

De um lado os radicais que acham que crimes bárbaros deveriam ser punidos de forma mais exemplar, e, de outro lado, os malas defensores dos direitos humanos que acham que os pobrezinhos já sofrem demais com a nossa sociedade malvada e capitalista.

Baboseira da grossa!

Fico puto com essas pessoas que acham que todo mundo é burro… tá certo que a grande maioria é mesmo, mas, tem os que fazem uso da sinapse volta e meia, porra!

Primeiro. A população carcerária está um caos. Todo mundo já sabe. Os presídios cada vez mais lotados, mais porcaria humana estocada em locais onde alguns idiotas chamam de locais de ressocialização de infratores…

Ressocialização???? Aquilo são SPAs de presos. Os caras têm acesso a tudo de lá. Fora que ainda são capazes de fazer alianças mais perigosas do que as que a gente vê em épocas de eleição.

Mas é óbvio que, ao tentar aumentar o tempo de pena máxima, alguém deveria perguntar algo do tipo: “Vem cá, com o que se tem hoje, onde os caras mandam assassinos e estupradores para o semi-aberto e os caras nunca mais voltam, com esses indultos estúpidos, a falta de controle, vocês ainda querem piorar o que já é uma merda?”

Certamente dariam várias explicações baseadas em falsas esperanças de que o sistema irá regenerar o pessoal e que a sociedade ficará mais segura livre dos caras por mais tempo.

Concordo com a segunda parte. Aliás, já que estão se perguntando se a pena é branda demais para esses monstros, que tal começar a exterminar com eles logo? Pena de morte logo, porra!

Não digo que se mate a torta e a direita, mas, como os nossos coitadinhos vitimados da sociedade são perturbados, mas não são burros, certamente iriam repensar as coisas quando, pelo menos, tivessem a possibilidade de realmente se dar mal.

Mas, o mesmo pessoal que está discutindo isso, não está, certamente, preocupado em regenerar detentos para devolvê-los à sociedade… tipo, como fazem com pinguins desgarrados antes de devolvê-los ao mar, eles querem, na real, é criar um caos tão grande no sistema carcerário, para que, a sociedade dê carta branca para a construção de mais presídios em caráter de emergência.

Não acham que isso seja ruim? Nem eu acharia… mas, só mais um detalhezinho:

Construção de presídios em caráter de emergência quer dizer SEM LICITAÇÃO. Ou seja, para evitar de sangrar esses assassinos, estupradores, traficantes e nabas em geral, vão sangrar, mais uma vez, a nossa grana… e eu digo nossa para aqueles idiotas como eu, que pagam impostos e ainda não fizeram uma marcha armada até Brasília.

É tudo interesse revestido. Nessa sociedade maniqueísta, onde votamos não em quem a gente quer, mas sim contra aquele que a gente quer que perca, ou seja, na merda menos fedorenta, o pessoal usa a tática do ‘bode na sala’ para nos induzir a pensar de que, dos males, sempre o menor.

Read Full Post »

A coisa anda osca…

No sentido geral, mas, estrategicamente falando, chega a dar uma deprê…

Planejamento é algo interessante para todos. É bom que a gente pense antes de executar, que tente analisar as opções e escolher a melhor delas. Pelo menos essa era para ser a coisa.

Mas, pelo andar da carruagem, a estratégia, como recomenda-se em períodos de incertezas, está focada em não aumentar a merda, pelo menos.

Já falei disso antes, e, por mais repetitivo que os meus assuntos possam parecer, eles, na verdade, estão interligados e, certamente também porque eu sigo uma mesma linha de raciocínio (por mais debilóide que possa parecer).

Vendo a campanha política, por exemplo (assunto recorrente também). Nessa fase onde a água começa a bater na bunda, os candidatos esquecem-se que tem gente querendo saber o que eles farão de diferente e, esperava-se que fugissem dos ‘lugares-comum’ do tipo combo ‘emprego e renda’, com acompanhamento de ‘mais saúde e segurança’ com cobertura de ‘podemos mais’. Mas não, começaram uma guerra de bosta, tradicional em colônias aqui do meu amado RS. Ou arma do macaco bugio, que quando se sente ameaçado, caga na mão e atira nos outros.

Bem, cada um defende-se como pode. E, das merdas a menor sempre! Essa é a lei vigente.

Voltando ao linguajar empresarial, estrategistas em épocas ruins, minimizam perdas. Essa é uma linha de raciocínio.

E, estou pensando a respeito.

Vendo o pessoal trocando gentilezas, podemos notar que dentro de uma mesmície, os nossos candidatos estão dentro de um mesmo escopo. Ou seja, traduzindo, são literalmente a mesma merda.

Desculpem-me o tom escatológico, mas, é impossível não associar escatologia com esse ambiente. Com os dois lados chafurdando em falcatruas, de um lado se tem o Paulo Preto, de outro tem Zé Dirceu, Erenice e cia ltda, podemos notar que, independente de quem vença a eleição, nós é que perderemos com ela.

Cabe a cada um ver onde apertará os seus calos e escolher o que melhor lhe convém.

Com a minha série de posts políticos, assunto que não me agrada em nada, mas, que me provoca surtos de raiva, pois nada me irrita tanto quanto processos de imbecilização em massa, tenho que inserir mais este, atentando para o rumo das coisas.

A eterna escolha pelo menos ruim já deu no saco. Eu larguei de mão há horas, vou anular, e, com isso exercer minha cidadania de forma romântica-infantil, achando que, um dia, se os que concordam que votar na merda menor é completamente ridículo, somemos pessoas suficientes para que os nulos se constituam em maioria e, só assim, alguém ficará com vergonha e comece a repensar a política nojenta que se pratica nesse país.

Fora que, conformar-se com esse cenário é uma forma de alienar-se totalmente. Há quem ache o contrário, que eu é que sou o alienado em anular meu voto. Respeitosamente discordo, mandando-os à merda, e dizendo que democracia de cú é rola. DEMOcracia é o sistema vigente no inferno, pois, vendo o “Nosso Lar” já sei que no paraíso adotaram a meritocracia-utópica. Ou, em outra visão, é um sistema de socialismo-altruísta, onde o pessoal trabalha sem receber nada em troca. Que seja.

Então amigos, caso gostem do nosso sistema ‘rouba mas faz’, com direito à 30% pro partido, sigam felizes e contentes com seus projetos. E não achem que eu estou apenas contra um partido. Na real, eu estou contra TODOS eles.

E, pra finalizar essa colcha de retalhos de posts passados, deixo um último dèja vu, dizendo que só com o aumento de massa encefálica do povo é que algo diferente acontecerá algum dia. Enquanto formos uma horda de ovelhinhas apenas preocupados em comer a grama que cresce à olhos vistos, o lance segue igual. Quem sabe mais enrola quem sabe menos, simples assim. Quanto mais estúpidos no mundo melhor para os outros. Menos concorrentes à altura. Simples, não?

– Povo que não tem virtude, acaba por ser escravo – Hino do RS.

 

Rodoanel??? Então toma uma Erenice de volta!!!

Read Full Post »

Os americanos até na música falcatrua estão na nossa frente…

enquanto o nosso funk é feito de traficantes, atrizes pornô e milhares de reais em silicone, lipos e tinturas pra cabelo(s), lá os caras são gangastas em liberdade condicional, com minas de diamante na África e sem saber o que fazer com tanta grana… tanto que, pode se dar ao luxo de fazer duetos com putas caras…

Ouçam o primor da música Right Round, que é sampleada da música You Spin me round” do Dead or Alive, banda ‘house’ dos anos 90 que tinha uma traveca com voz cavernosa como vocalista…

Vejam a tradução… e os comentários em vermelho, como de praxe…

GIRAR

Você faz minha cabeça girar, girar

Quando vai até o chão, até o chão

(Kesha)

Você faz minha cabeça girar, girar

Quando vai até o chão, até o chão

Detalhe: Traduziram ‘go down’ como descer, mas, na gíria, o go down é ‘cair de boca’… pra bom entendedor…

(Flo Rida)

Hey

Agitando a casa com a minha arrogância

Agitando com a garota, tenho lugares pra ir!

Pessoas vêem, o tempo é precioso

Olho para a multidão, eles estão sem controle!

Assim como minha mente, eu sigo

Sem mulheres, nenhum short; Nada além das minhas roupas

sem mulheres e sem short? Ou sem mulheres sem shorts?

Não pare agora, minha liberdade condicional esta por um triz

Muito bem, champz, gangsta bom é o que vai em cana, têm as pregas alisadas e ainda canta de galo…

Gosto das minhas jóias, Todas em ouro

Sim, ostentar é a isca mais recomendada para pegar piranhas…

Eu sei que a tempestade já vem

Meus bolsos continuam a me dizer que vai chover

Sim, chuva de …, ah, deixa pra lá…

Ligo para minha casa, aquela casa

Então salto na noite, pois isso significa que é nosso

Continuamos a desaparecer disparados, pois nós arrasamos

É Cliente de Ouro, isso é nosso

Lil Mama, sei que você gosta de flores

Garota, Você bebe com tudo que tem direito e agita os clubes.

Sim, quem disse que elas não têm que encharcar a caveira de caña pra aturar malas ricos???

(Flo Rida)

Você faz minha cabeça girar, girar

Quando vai até o chão, até o chão

(Kesha)

Você faz minha cabeça girar, girar

Quando vai até o chão, até o chão

(Flo Rida),

Lá de cima, eu a vejo descer até o chão

Ela gasta todo meu dinheiro por ai

Ela reinveste no patrimônio com implantes, plásticas e lipos… empreendedorismo, ma’ friend…

Não há nada mais belo pra se encontrar

Está descendo, descendo.

Do topo do monte, eu assisto ela ir embora

Ela gasta todo meu dinheiro por ai

Não há nada mais belo pra se encontrar

Está descendo, descendo.

(Flo Rida)

Hey

A gata deve saber que não estou brincando

Meu dinheiro a ama como se fosse seu fã número 1

Então é caso de amor que se corresponde… que lindo… me emociono ao ver que o amor ainda existe…

Não olhe minha boca, deixe-a falar com meus fãs

Meu Benjamim Franklin

Momento erudito… Ben Franklin, o Lula deles…

Muitos grandiosos, Eu tenho bandas grudentas

Meus esquemas fazem uma dança

Ficar sujo a noite toda, faz parte do meu esquema

É amigo, o que é bom meleca tudo no final…

Continuo construindo castelos que faço com areia

Ela é maravilhosa, O fogo está ardendo

Mais quente que isso

Garota, você não vai se rebola um pouco mais perto?

Sim, chega mais pra gente jogar um ‘bilboquê’…

Hora de pagar a conta, o preço é caro demais

Não tão caro quanto será se tu casar e ela pedir o divórcio 2 dias depois…

Aquele corpo estampa um cartaz

Estou numa loucura, meu botão está me dando tchau

Seu botão??? Meu amigo, quem dá o botão é ela… não é? Ih, não sei mais nada…

Como uma porcaria, te conheço

Porcaria???  Bom, já tá pagando, não precisa elogiar a mina, né não?

Você quer me mostrar como uma arma fora do atirador

Me diga qualquer coisa, E serei sua ligação…

Deixa que eu te digo… tu tá enrolando a língua de tanto pó, meu camarada…

(Flo Rida)

Você faz minha cabeça girar, girar

Quando vai até o chão, até o chão

(Kesha)

Você faz minha cabeça girar, girar

Quando vai até o chão, até o chão

(Flo Rida)

Do topo do monte, eu assisto ela ir embora

Ela gasta todo meu dinheiro por ai

Não há nada mais belo pra se encontrar

Está descendo, descendo.

Do topo do monte, eu assisto ela ir embora

Ela gasta todo meu dinheiro por ai

Não há nada mais belo pra se encontrar

Está descendo, descendo.

(Flo Rida)

To gastando meu dinheiro

Estou sem controle

Alguem me ajude

Ela vai falir o banco

É amigão… nunca duvide da capacidade das put, digo, moças, em sumir com a grana…

Mas, sou o rei do Clube

E estou sentindo a multidão

Tomando essas cervejas

Tocando nas modelos

Vendo aquelas bundas descendo.

Modelos? Ah sim… tendi… é quenem chamam aqui de modelo/atriz? Tá bom…

(Flo Rida)

Você faz minha cabeça girar, girar

Quando vai até o chão, até o chão

(Kesha)

Você faz minha cabeça girar, girar

Quando vai até o chão, até o chão

(Flo Rida)

Você faz minha cabeça girar, girar

Quando vai até o chão, até o chão

(Kesha)

Você faz minha cabeça girar, girar

Quando vai até o chão, até o chão

A cabeça deve estar girando em 360º, a la exorcista… mas, grana é fácil de recuperar… basta fazer outra letra primorosa como esta, colocar um sampler em cima e fazer um clipe cheio de gostosas…

É melhor ver quanto vão pagar esse singelo correntão e relógio no penhor...

Óia... eu comia... mas ainda acho que pagar por empreitada, no puteiro mais próximo é mais negócio... não quebra a banca, pelo menos...

Bom, com a Katy Perry já fica mais caro... bom, aí dá pra morrer com um quinhentão...

Read Full Post »

À moda antiga, Eriberto, o Beto, resolveu levar sua nova aquisição amorosa para uma noite como mandava o figurino…

Não era bem a sua… mas, para inovar, resolveu aparentar um romantismo clássico… coisa que não lhe era corriqueira…

Como costumava atrapalhar-se com nomes de suas mulheres, tinha convencionado chamá-las apenas por apelidos carinhosos… aí não tinha erro…

– Por aqui, querida… – ao adentrar o restaurante que certamente iria lhe custar boa parte do salário do mês…

Devidamente ‘fardado’ com um terno impecável, viu no sorriso dela que a noite prometia…

Puxou a cadeira, como já havia aberto a porta do carro, em sinal de cavalheirismo, o que ele sabia que iria dar-lhe mais alguns pontos…

Mas, tudo o que não nos é natural, ou bem treinado pelo menos, mais cedo ou mais tarde, acaba cobrando seu preço…

Pediu ao garçon o especial, com um nome francês irreconhecível, mas, como era francês, o gabarito da refeição estava confirmado… o vinho, com o nome decorado, mas com um lembrete no bolso para o caso de esquecimento, que tirara no google ao digitar ‘vinho francês caro’:

– Montracet, por favor…

Ao que o Maitre, pergunta de volta…

– O 1ère Crû, cavalheiro?

Ele quase se engasga com o imprevisto, mas, aparentando uma falsa calma, diz um ‘obviamente’ como se entendesse algo…

O homem sai e, na volta, traz a garrafa, fazendo todos os rituais com a rolha e a ‘rebinha’ no copo para ele tomar um golinho e fazer cara de quem está vendo florais, varietais e outros aiaiais com cara de entendido, como recomendara-lhe o Golesma, parceiro de futebol e mestre na arte de enrolar…

Ao servir o vinho e a medida que a conversa esquentava, os pratos foram apresentados… nada que ele conseguisse reconhecer… mas, no padrão francês, claro… um prato sujo com molhos coloridos ao redor, um montinho de uma coisa de 3 camadas ao centro, com ramos verdes de alguma outra coisa por cima… ele, com cara de que fora bem atendido, agradece ao garçon e inicia a refeição… que, se fosse em sua casa, demoraria 15 segundos, ou duas garfadas, se preferirem…

A noite foi passando, o vinho acabando e a comida, magistralmete alongada com microgarfadas e muita conversa… a coisa ia bem… tanto que recebera um pé por baixo da mesa sugerindo algo melhor em seguida viria… animou-se… mas, algo estranho acontecia em sua barriga…

Barulhos que pareciam ser a Gumercinda, sua lombriga de estimação, reclamando da refeição… mas, que a medida que passava o tempo, apontavam para a porta de saída…

Ele, heroicamente tenta conter a primeira leva… em vão… com uma tosse para acobertar o rojão, notou que o odor que passava pelo colarinho do terno seria complicado de explicar… e, se ele se levantasse imediatamente para ir ao banheiro, denunciaria sua posição… resistiu com cara de paisagem… mas, sabia que não iria parar por ali…

Minutos depois, levantou-se para finalmente ir ao toillete… mas, para usa-lo com finalidades de banheiro mesmo…

A passos pequenos, pois seus músculos todos retesados davam prioridade ao esfíncter naquele momento… chegou ao local… com um suspiro, deixou a bateria de sonoros estampidos libertar-se… tentou livrar-se da carga… mas ainda não era hora… apenas cólicas…

Teve que voltar…

Ela, já com um sorriso largo, levanta-se com a sua chegada… e com um ‘vamos’ de uma sensualidade tal que fez suas pernas amolecerem e quase deixar que um ‘escondido’ saísse… mas, a noite era de bravura… e assim ele se manteria…

Tinha reservado um quarto de hotel para aquela noite, afinal, uma princesa daquelas não era para se levar em motéis… segundo outro conselho do Golesma…

Chegando lá, a classe da noite tinha ido para o espaço… ela parte para o abraço logo, atirando-o na cama e montando em cima… o impacto dela em sua barriga quase pôs tudo a perder… mas ele não era qualquer um… a noite tinha que seguir o curso…

Ela despindo-se e a ele ao mesmo tempo, chega com a boca estrategicamente a um local que o fez gemer alto… mas, não poderia relaxar… não naquele momento…

a força que ele aplicava na musculatura para conter toda a hecatombe que se aproximava, por sorte fez que a ereção fosse algo redobrado… o que agradou muito a moça… ela, ignorando as preliminares, voltava a montar o cavalheiro, que, naquele momento virava cavalo… os movimentos lhe davam a imagem mental de um martelo cravando uma estaca na sua barriga… e a força nas pernas só faziam aumentar… e ele já com medo de ter cãimbras… a moça cai em êxtase ao seu lado… suada… e com um maravilhoso sorriso nos lábios… ele, com caretas no rosto ainda… ao que ela pede para ele vir por cima… ‘é a tua vez’, disse…

Ele, tomando conta da situação, tenta abreviar os movimentos e ir logo aos finalmentes… e consegue… tinha usado hemisférios de seu cérebro que nem sabia que existiam… num verdadeiro show de coordenação motora… mas, a carga estava impossível de segurar…

Ela deita de lado e o puxa para ficar na posição de conchinha… seu sorriso era irresistível… mas ele não tinha mais heroísmo de sobra…

Pediu um minuto a ela, e correu para o banheiro… ligou a luz e… “Estou salvo, um exaustor!!!”…

Ligou também o chuveiro para disfarçar o barulho que viria…

e ali, alivou-se finalmente… a noite estava salva!!! E ele merecia uma homenagem com direito a aplausos de 15 minutos na associação dos machos solteiros…

Lavou-se no chuveiro e volta ao quarto secando-se…

Ela, já quase vestida novamente, com o rosto fechado, pede:

– Me leva pra casa!

E ele, sem entender:

– Mas o que aconteceu?

E ela:

– Vocês homens não têm romantismo… saem correndo sempre pro banho depois de transar… não se importam com o que a gente vai pensar… insensíveis… só pensam em vocês mesmos!!!

9ª Sinfonia em ré maior...

Read Full Post »

%d blogueiros gostam disto: