Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘travesti’

O cara, casado há anos, resolve em um dia de verão, com a família na praia, que deve enfiar o pé na jaca, já que sua vida estava um tédio. Anos de bom comportamento lhe proporcionaram uma vida sem emoções. Não bebia mais, não fumava… enfim, praticamente um morto vivo sepultado na rotina diária…

Sai do trabalho, vai para casa, assiste um pouco de televisão e, lá pelas tantas, tomado pela fúria de notar que vidinha de merda levava, coloca uma bela roupa, perfume e se vai para a noite em busca e qualquer coisa… nenhum amigo disponível para ir junto e nem orientá-lo para onde ir, resolve seguir o fluxo e ver onde  tem mais movimento.

Vê um aglomerado de gente em frente a uma casa noturna, e, pelo que apresentava na frente, parecia que o número de mulheres superava o de homens.

Entra e nota um ambiente de pessoas com pouca idade, que já não era mais o seu caso, mas, uma vez lá dentro, lá ficou…

Com um mix de músicas entre o sertanejo universitário, o funk e o pagode, seus ouvidos clamavam por misericórdia, mas, por outro lado, a dança das moças podia ser apreciada em toda a plenitude do que as músicas insinuavam a todo instante…

Ele fixa o olhar em uma loira de pouca idade, que ao som de um funk, parecia não ter ossos no quadril… e, boquiaberto, tentando ser discreto, se escora no bar para olhar…

uma outra moça para ao lado e diz:

– Seu nome?

– Ã?! – Responde ele sem ouvir pela altura do som…

– O NOOOMEEEEE…

E a partir dali o diálogo segue em caixa alta…

– Ah, Ricardo, e o teu?

– O meu???

– ÉÉÉÉÉ, O TEEEEU…

– ANDRÉÉÉÉIAAA…

– LEGAL… MUITO PRAZER!

– O QUE FAZEEER???

– EU DISSE PRAZEEER!

– AH SIM, EU TRABALHO COM ISSO, MAS HOJE TO DE FOLGA!

– Ã?!

– TU NÃO PERGUNTOU SE EU TRABALHAVA COM PRAZER?

– NÃO, EU DISSE MUITO PRAZER!

– É CLARO… MUUUUITO PRAZER!!!!

– AH, DEIXA PRA LÁ…

– SIM, VAMOS PARA LÁ!

– LÁ ONDE?

– LÁ COM UMAS AMIGAS… VAI BEBER ALGUMA COISA?

– SIM, VAMOS PEDIR ALGUMA COISA… O QUE TU BEBES? (diz ele gaguejando)

– UM MARTINI… QUERO COM CEREJA!

– CERVEJA?

– NÃO, MARTIIIIINIIIIII! CEREEEEEJAAAA!

– AH, BELEZA! GARÇON, UM MARTINI COM CEREJA! E PRA MIM, UM REFRI!

– E ENTÃÃÃÃO, O QUE TU VAI PEDIR PRA TI?

– GRAPETTE!

– O QUÊ?! AQUI???? NA FRENTE DE TODO MUNDO??????

– COMO?

– POIS É, TAMBÉM NÃO SEI COMO… TALVEZ ALI NAQUELE BANHEIRO….

Ele nem sabe mais se responde ou não, então, apenas sorri…

Ela o pega pela mão e vão a um banheiro que estava praticamente vazio… chegando lá, a porta fecha e o som abafa, dando para ouvir a voz do outro…

– BÁ, AGORA DÁ PARA OUVIR, NÉ? – diz ele ainda com a voz alta…

– Ah, é dá sim… – responde ela com um timbre de voz estranho…

– Tu está com algum problema de voz? – pergunta ele…

– Não, responde ela… que, à luz do banheiro mostrava toda a produção que envolvia desde maquiagem à intervenções cirúrgicas e preenchimentos faciais…

Ele começa a suar frio e a procurar o gogó na garganta da moça… o porte era pequeno, mas, vai saber… olha para os pés dela, tentando ver se calçava mais de 40, mas, esses malditos Scarpins com bico fino e alongado não deixam se ter noção entre pés pequenos ou grandes…

Ele se pergunta se aquilo poderia ser tratamento hormonal de uma moça para ficar bombada ou de um moço para virar moça…

A respiração começa a ficar ofegante… ela, notando, já o atira para dentro de um reservado, e, ajoelhando e puxando suas calças, ameaça iniciar o serviço… ele, completamente nervoso, não consegue ficar em “alerta” pela dúvida… e agora? Arrisca ou sai de fininho???

Na última hora, a pergunta derradeira dele:

– Que tal colocar chantilly aí?

Ao que ela responde:

– Deus me livre, aí minhas celulites voltam todas!!!! E haja academia!!!

AAAAAH, É MULHER, GRAÇAS À DEUS!!!! – pensa, ao sorrir aliviado

E então ele relaxa e o amigo sobe…

Essa é homem...

Essa é homem…

E esse é mulher... é... tempos difíceis esses...

E esse é mulher… é… tempos difíceis esses…

Anúncios

Read Full Post »

Mais um na escala GLBTS e cia ltda… nem me acostumei com as já existentes e, pelo visto vão inventar uma a mais… ou deveriam pelo menos.

Vendo esse BBB11, onde temos uma participante que costumava ser João e virou Maria, surge aí uma dúvida para os que vão ficar afim dela achando que ela é mulher de fato… putz, to me enrolando… explico:

A tal moça lá negou ser gay, se diz mulher… enfim, não sei se alguém que deleta o pau e molda-o para parecer uma buceta, automaticamente vira mulher… é claro que os relativistas e esotéricos de plantão dirão que era uma alma feminina presa a um corpo masculino e que, finalmente, a moça livrou-se do estigma… ou irão usar exemplos do tipo “a lagarta saiu do casulo pra virar borboleta” e coisas parecidas. Bom, por mim, beleza! Bom para ela e tal. Nada contra.

Mas, o ponto em questão é que a moça, pelo que estou notando, está fazendo propaganda enganosa do produto. Tá certo, todas mulheres também fazem, quando usam sutiãs com enchimento, calcinhas que puxam a bunda pra cima, lentes de contato coloridas… enfim… ninguém mais tem certeza de nada nessa vida…

Mas, eu, como sou um visionário (extremamente humilde, é verdade), tenho que tentar ver adiante e alertar sobre os malefícios sociais que isso pode causar. Ou não.

Peguemos (no sentido figurado) a participante do BBB para análise (sem sentido anal). Como ela se enquadra nos atuais padrões bestas de classificação humana que as antas adoram inventar? Ela é transex, transex operada ou é mulher?

Para mim, se ela é C ou é Ç, tanto faz, mas é a enganação que me incomoda. Dirão que quem gostar dela, gostará da mesma forma e seria um (ECA!) preconceito de quem deixasse de gostar simplesmente porque ela é transex operada. Ok, acho uma asneira isso, mas vá lá. Da mesma forma poderemos argumentar que nenhum bom relacionamento se constrói sobre mentiras. Sendo assim, eu acharia de bom tom, caso alguém resolva ter um relacionamento a longo prazo com a moça, que soubesse coisas do tipo, filiação, de onde vem e que a moça se chamava Waldemar antes de adotar o novo nome. Acho que é justo com a outra parte, pra dizer o mínimo.

Mas, onde eu queria chegar, na real, é que, com tantas customizações que a mulherada anda fazendo, e as transex usando dos mesmos métodos, fica realmente complicado saber quem é quem. Nem mais pelo gogó dá pra se basear. Dessa forma, o macharedo vai entrar em paranóia e a coisa vai ficar esquisita. Imaginem o cara que, antigamente ficava nervoso em conhecer sua mãe, por exemplo, hoje em dia ficará nervoso até saber que você é realmente mulher, e não um genérico. Sim sim, cairão matando por eu achar que travestis operadas são mulheres genéricas, mas, enquanto não inventam uma nomenclatura adequada, eu tenho que me virar (no sentido figurado) com o que dá.

Vendo essa tal Ariadne no programa, confesso que, mesmo com aquela voz, eu diria que já comi mulher mais feia que ela. Mas, pelo menos eu tinha certeza que eram mulheres mesmo (ou não? Aimeldelsdocél)… agora imaginem com a cabeça cheia de goró… não tem como saber que esse pato é ganso… tanto que os caras lá, pelo visto, também não sacaram…

E agora entra a outra pergunta (sem cuspe): Os caras que ficam ou ficarão com ela sem saber que ela é ele, são o que? Gays? Bissexuais? Ou simplesmente são caras que compraram gato por lebre? E agora?

É óbvio que eu estou escrachando com a coisa, mas, a discussão de troca de sexo pode ir muito além do sentido sexista, eu sei. Afinal, como eu já disse, não é só porque o PiuPiu virou Pepeca que a criatura automaticamente muda de gênero (eu acho). Mas, suponhamos que o pessoal se sinta enganado. Ainda não inventaram uma delegacia do macho enganado, então, como é que faz?

Eu digo como é que faz… faz como sempre fizemos. Ficaremos em conflito de opiniões… de um lado, os que acham que quem se invocar com a moça é homofóbico, embora a própria moça não se entitule gay, dessa forma então não existe homofobia (eu acho). Já, por outro lado, os que acham que mesmo que ela ‘tenha virado’ mulher, não é bacana ela omitir certas coisas do pessoal antes que o pessoal omita suas coisas nela.

Só sei que isso vai, provavelmente, nos dar problemas… digo nós, os homens, que teremos cada vez mais problemas com a mente ‘feminina’. Fora que a paranóia que vamos entrar…

Namorar vai ficar cada vez mais  complicado. Hoje em dia já tem gente que exige teste de HIV para poder ter um relacionamento a longo prazo, daqui a pouco teremos gente exigindo teste de DNA pra provar que a criatura é realmente quem diz ser. Vai ficar cada vez mais ridículo… Mas sempre é bom investigar mais a fundo, literalmente ou não, para não se depauperar espiritualmente em relação aos de paus operados.

EDITADO (depois de escrito): Estive pensando melhor, e, relendo essa encrenca toda, noto que existe sim algo de positivo com isso tudo. O fator que diferenciará uma mulher ‘original’ de uma ‘genérica’ pode ser, finalmente, um fator libertador para a mulherada. A celulite! Sim, ela mesmo! Como homens não têm celulite, as transgênicas não terão, e as originas terão… simples assim. Resumindo, homens passarão, além de gostar da celulite, exigí-la na mulherada como certificado de autenticidade.

Salve-Salve gente amiga!!!

Quem quiser, clique AQUI para ver a versão sem o Bial… oferecimento do Blog do “Morri de Sunga Branca

Não Ronaldo, essa tese não se aplica pro senhor… o senhor curte é a Ç mesmo…

Read Full Post »

Se correr o bicho pega, se ficar a bicha te come... literalmente...

Tem coisas piores na vida do que vestibular… ali, pelo menos é múltipla escolha…

o proposto, por algum doido, na figura acima que achei pela net, é que você tem só 2 escolhas…

Você, sendo hétero, escolheria qual das duas acima???

Enquete com o patrocínio de conhaque Dreher… deu ‘duro’? Tome um Dreher…


Read Full Post »

%d blogueiros gostam disto: