Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘paredão’

Recém iniciou-se o BBB13, e, para variar, já estou me irritando com ele…

Não pelo programa em si, afinal, tem ali elementos que me agradam, tipo, mulheres exibindo seus corpos para obter vantagens, mas, ainda assim, deixando claro que nós que somos suas vítimas é que somos os bandidos…

Enfim, não é sobre isso que eu vou falar, e, muito menos é isso que me irrita, afinal, ver gostosas nunca me irrita…

O irritante é perceber que depois de 13 edições NADA MUDOU… nem o povo que assiste a essa bosta…

Aliás, não vou demonizar pessoas que assistem ao programa, embora, de uma maneira fingida e pretensiosamente amena, eu farei…

A discussão do primeiro paredão é se sai a barraqueira e deixam o cara “nulo”, ou se saem com o cara que não “põe fogo na casa” para deixar lá uma criatura que vai aporrinhar todo mundo e, assim, deixar o programa mais “interessante”…

PERALÁPERALÁPERALÁ!

PERALÁPERALÁPERALÁ!

Como dizem aqui no Sul, dá vontade de afofar umas antas dessas à pau!

Olha só… tracemos um paralelo…

Você é daqueles que acham que consumindo drogas, você financia o tráfico?

Ou é da turma que acha que liberando tudo que é ilícito, termina com os que burlam a lei? Nada contra… só não me venham pedir para legalizar o estupro, a pedofilia e o aumento de participações da Carolina Dickmann em novelas da Globo…

Pois para quem acha que a primeira premissa é verdadeira, nessa mesma linha, se você acha legal ver um programa que através de gente chata, mal educada e inconveniente torna-se interessante, então meu amigo, você está ajudando a promover essa sociedade de merda em que você vive…

NÃO, SUA BESTA, EU NÃO ESTOU FALANDO MAIS DO PROGRAMA EM SI AGORA!

Eu estou falando que valorizar conflitos, se divertir vendo gente sendo perturbada, se estressando, ou, no bom português: VER ATÉ ONDE O SER HUMANO É CAPAZ DE SE REBAIXAR POR DINHEIRO, então, meus queridos, vocês não são lá essas boas pessoas que imaginam ser…

No momento em que a baderna moral é divertida e pessoas “normais” são motivo de escárnio, é porque, sinceramente, há algo muito errado com a forma de se pensar…

Não conheço o concorrente da moça barraqueira, que aliás, não tenho rigorosamente nada contra também, apenas tenho minhas restrições com pessoas que arregalam os olhos para falar… é o meu bom e velho preconceito (QUE NÃO É SEGREGAÇÃO, PORRA!) de segurança que me diz o tempo todo: gente que fala de olhos arregalados é doida… afaste-se delas!

Se ela nasceu na favela, é preta, branca, amarela ou vermelha, tanto faz, afinal, DISCRIMINAÇÃO RACIAL é coisa de IGNORANTES, ou, pessoas tão burras a ponto de achar que fatores como cor, local de nascimento ou classe social pode simplesmente tornar alguém melhor ou pior que outra pessoa…

MAS, PORÉM, TODAVIA, CONTUDO, ENTRETANTO, SENÃO, de forma alguma esses mesmos quesitos podem ser usados de forma PATERNALISTA a favor dessa mesma pessoa, no caso dela ser UMA MALA, uma vez que todos aqui já entramos em acordo que queremos um mundo mais igual, certo? Pois, para ser igual, a banca tem que pagar, mas também tem que receber…

Amenizar a chatice da pessoa só porque ela veio de “Comunidade” é desmerecer todas aquelas pessoas bem educadas dessa mesma comunidade… ou você aqui acha que todos que vêm de comunidades são do jeito “Nem”? Claro que diremos todos um não, claro que não… afinal, somos criaturas lutando contra a segregação, certo?

Putas duns hipócritas é o que nós somos… pois a coisa tem que fluir para todos os lados, e não só para o que o seu campo limitadíssimo de visão percebe… tem mais gente no mesmo barco, mizifio…

A gente somos pobre, mas a gente não precisamos ser abestalhados...

A gente somos pobre, mas a gente não precisamos ser abestalhados…

Anúncios

Read Full Post »

%d blogueiros gostam disto: