Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘Irritando o Ferris’ Category

Recém iniciou-se o BBB13, e, para variar, já estou me irritando com ele…

Não pelo programa em si, afinal, tem ali elementos que me agradam, tipo, mulheres exibindo seus corpos para obter vantagens, mas, ainda assim, deixando claro que nós que somos suas vítimas é que somos os bandidos…

Enfim, não é sobre isso que eu vou falar, e, muito menos é isso que me irrita, afinal, ver gostosas nunca me irrita…

O irritante é perceber que depois de 13 edições NADA MUDOU… nem o povo que assiste a essa bosta…

Aliás, não vou demonizar pessoas que assistem ao programa, embora, de uma maneira fingida e pretensiosamente amena, eu farei…

A discussão do primeiro paredão é se sai a barraqueira e deixam o cara “nulo”, ou se saem com o cara que não “põe fogo na casa” para deixar lá uma criatura que vai aporrinhar todo mundo e, assim, deixar o programa mais “interessante”…

PERALÁPERALÁPERALÁ!

PERALÁPERALÁPERALÁ!

Como dizem aqui no Sul, dá vontade de afofar umas antas dessas à pau!

Olha só… tracemos um paralelo…

Você é daqueles que acham que consumindo drogas, você financia o tráfico?

Ou é da turma que acha que liberando tudo que é ilícito, termina com os que burlam a lei? Nada contra… só não me venham pedir para legalizar o estupro, a pedofilia e o aumento de participações da Carolina Dickmann em novelas da Globo…

Pois para quem acha que a primeira premissa é verdadeira, nessa mesma linha, se você acha legal ver um programa que através de gente chata, mal educada e inconveniente torna-se interessante, então meu amigo, você está ajudando a promover essa sociedade de merda em que você vive…

NÃO, SUA BESTA, EU NÃO ESTOU FALANDO MAIS DO PROGRAMA EM SI AGORA!

Eu estou falando que valorizar conflitos, se divertir vendo gente sendo perturbada, se estressando, ou, no bom português: VER ATÉ ONDE O SER HUMANO É CAPAZ DE SE REBAIXAR POR DINHEIRO, então, meus queridos, vocês não são lá essas boas pessoas que imaginam ser…

No momento em que a baderna moral é divertida e pessoas “normais” são motivo de escárnio, é porque, sinceramente, há algo muito errado com a forma de se pensar…

Não conheço o concorrente da moça barraqueira, que aliás, não tenho rigorosamente nada contra também, apenas tenho minhas restrições com pessoas que arregalam os olhos para falar… é o meu bom e velho preconceito (QUE NÃO É SEGREGAÇÃO, PORRA!) de segurança que me diz o tempo todo: gente que fala de olhos arregalados é doida… afaste-se delas!

Se ela nasceu na favela, é preta, branca, amarela ou vermelha, tanto faz, afinal, DISCRIMINAÇÃO RACIAL é coisa de IGNORANTES, ou, pessoas tão burras a ponto de achar que fatores como cor, local de nascimento ou classe social pode simplesmente tornar alguém melhor ou pior que outra pessoa…

MAS, PORÉM, TODAVIA, CONTUDO, ENTRETANTO, SENÃO, de forma alguma esses mesmos quesitos podem ser usados de forma PATERNALISTA a favor dessa mesma pessoa, no caso dela ser UMA MALA, uma vez que todos aqui já entramos em acordo que queremos um mundo mais igual, certo? Pois, para ser igual, a banca tem que pagar, mas também tem que receber…

Amenizar a chatice da pessoa só porque ela veio de “Comunidade” é desmerecer todas aquelas pessoas bem educadas dessa mesma comunidade… ou você aqui acha que todos que vêm de comunidades são do jeito “Nem”? Claro que diremos todos um não, claro que não… afinal, somos criaturas lutando contra a segregação, certo?

Putas duns hipócritas é o que nós somos… pois a coisa tem que fluir para todos os lados, e não só para o que o seu campo limitadíssimo de visão percebe… tem mais gente no mesmo barco, mizifio…

A gente somos pobre, mas a gente não precisamos ser abestalhados...

A gente somos pobre, mas a gente não precisamos ser abestalhados…

Anúncios

Read Full Post »

Depois da última do MEC, que assassinou a língua portuguesa, que já tava mal das pernas com a reforma, que apenas serviu para mandar a merda a paciência dos estudantes que se fodem anos e anos sem entender porra nenhuma, num ensino público que não ensina nada a ninguém e que, pra piorar, vem agora dizer que está bem do jeito que tá… eu larguei de mão…

Leiam aí primeiro: http://veja.abril.com.br/blog/augusto-nunes/direto-ao-ponto/os-livro-mais-interessante-estao-emprestado/

Pois então, nada mais me assusta depois que eu vi que o brasileiro prefere um imbecil popular do que um competente sem glamour. Mas, vamos e venhamos (ou voltemos), emburrecer ainda mais a população é um ato de crueldade máxima…

Crueldade?

Claro que sim… mas, nem tudo o que é cruel é necessariamente algo que não tem-se um fundamento. Os antigos estrategistas (e os novos também) ensinam que a crueldade nas ações é um poderoso item para acabar com a contenda e foder irrevogavelmente com a concorrência.

Alguém aqui por acaso nunca desconfiou ou se perguntou o porque nas guerras, quando um exército dominava uma região, queimava livros e acabava com qualquer fonte de conhecimento que pudesse instigar mentes a pensar em algo que pudesse colocar seus domínios em risco?

Pois é…

E alguém aqui não desconfia que, porventura, alguém pode ter interesse em manter a população cada vez mais burra, mais conformada, mais resignada com migalhas e cada vez mais fácil de ser manipulada?

Pois então…

Achar que as coisas não estão desenhadas para um cenário onde a maioria sempre vai ser imbecil e os pensantes terão cada vez menos alternativas – Juntem-se a eles ou morram afogados no mar de acéfalos dominados – é uma inocência ou burrice que não pode mais continuar…

Pois pensemos (ou tentemos) o seguinte: como nos ensinam os estrategistas, no naipe de um Sun Tzu ou de um Maquiavel, todo projeto de DOMINÂNCIA engloba essas etapas. Emburrecer e pacificar aqueles que possam oferecer riscos ao ‘principado’ (referência ao “Príncipe” de Maquiavel. Se não conhece, vai ler… tem poucas páginas) é feito desde que o mundo é mundo e que o ser humano é belicoso.

Pensem que quanto menos gente notando a merda que fazem, menos trabalho terão aqueles que querem manter o povo sob as rédeas da ignorância.

Já escrevi trossentas vezes sobre isso, eu sei. Expliquei que na pirâmide de Maslow, que explica a escala de desejos e necessidades, primeiro vem a saciedade básica, como comer, por exemplo, e, por último, vem a moral. Então, é simples concluir que, enquanto as pessoas se preocuparem em apenas não morrer de fome, não terão tempo para se preocupar com a moral e tampouco prestar atenção na (falta) dos outros.

Não estou aqui dizendo que estamos vivendo sob uma conspiração de forças ocultas que querem nos emburrecer pra tomar o controle, mas, não descarto que fique muito mais fácil para quem tentar, porventura…

Então, o MEC se preocupar com livros errados e crianças aprendendo pouco ou quase nada é uma utopia. Sabemos que é mais fácil acalmar as crianças do que pedir para o fornecedor do livro refazer tudo, sendo que ele teve que cortar os revisores porque tinha que pagar propina para os nobres aprovadores do material, e, sem verba, acabará botando a boca no trombone ou então liberando algum videozinho de alguém recebendo algum bolinho de dinheiro e enfiando na cueca pra mídia… então, abafemos o caso e culpem a oposição que quer puxar o tapete dos paladinos que querem arrumar o mundo enquanto eles, filhos do capeta, querem o apocalipse da educação!

É, pensar dá trabalho. Identificar quando alguém tenta nos enrolar requer conhecimento, leitura, estudo. Então, seguimos com o nosso pão e circo (ou coca-cola e futebol) que dá menos dor de cabeça…

11 Bilhões da Petrobras de lucro líquido no 1º trimestre, gasolina perto dos 3 reais o litro, 50% do preço de venda é composto por impostos, mas, ainda assim, pessoas comemoram que somos um país auto-suficiente em petróleo… viram como é viver cercado de burros? Taí…

Libera um Bolsa-Grama aí e tamos conversados…

Read Full Post »

Eu era campeão de largar a piadinha, quando alguém me cobrava alguma coisa, “pode ser em prestação de serviço?”. Ou, quando iriam repartir algo para a galera, eu setenciava: “A minha parte pode ser em dinheiro…”.

Pois a política não é lá muito diferente disso…

Com as notícias circulando sobre a criação de mais um partido no nosso impecável, honesto e soberano sistema político, não podemos deixar de pensar que: “vem mais um pepino para socarem nos nossos tobas…”.

É claro que tem uns (retardados) esperançosos, que dirão que isso irá engrandecer o cenário político com novas idéias, debates renovados e enriquecidos… pois eu digo que só quem sairão enriquecidos serão os próprios partidos mesmo.

Todo mundo já sabe que os partidos nada mais são do que empresas especialistas em drenar dinheiro da sociedade de forma baseada (nem sempre) na lei… lei que eles mesmos criam… enfim, seria quase que um sistema de segurança, criado por ladrões, onde só eles possuíssem a senha…

E o que acarreta a criação de novos partidos?

Para os (abestados) entendidos, dirão que é por idéias conflitantes com o partido anterior, e, com isso, a pessoa parte para difundir sua própria ideologia por conta… seria quase que um tipo de empreendedorismo político. Poderia ser isso. Mas poderia ser também porque a criatura atingiu um ponto de visibilidade onde ela não está mais contente com a partilha da grana que o partido consegue arrancar da sociedade. Pode ser que o cara, por exemplo, ache que sua estrela ficou maior do que o estão valorizando e resolveu virar chefe de si mesmo. Mais ou menos quando o cara larga o emprego anterior para abrir a sua própria empresa. Aí ele para de receber salário fixo, que na política se chama de mensalão, verba não-contabilizada de campanha ou mesmo, simplesmente de ‘benefícios’…

O paralelo entre partidos políticos e empresas é essencial para que se entenda a verdade por trás dos acontecimentos. Afinal, todos aqui podemos ser descrentes na política, mas quando o assunto é dinheiro, ninguém brinca em serviço.

E, tal qual empresas negociando com outras empresas, o jogo de interesses baseia-se na lei do benefício x custo e na lei da oferta e da procura…

A lei do benefício x custo, para a política, pode ser encarada como “O que você me oferece para pedir esse monte de grana?”. Seria mais ou menos o que o seu chefe te perguntaria quando você pedir um aumento para ele sem maiores motivos…

Já, a lei da oferta e da procura baseia-se na visibilidade do partido, no que ele irá trazer de ‘demanda’ para a negociação ou simplesmente porque a outra empresa, ou partido, depende dele para atingir uma meta ou para dar andamento a um projeto… Seria o que vemos volta e meia no congresso, coisas como falta de quorum para alguma votação importante para algum outro partido, ou mesmo na operação ‘tranca-rua’ que um partido pode aplicar a um projeto, evocando inúmeras leis, regulamentações e o cacete à quatro. É o velho ‘me ajuda que eu te ajudo…’.

Mas, sabemos todos que os tempos andam difíceis… nem sempre há grana circulando em abundância… tirando a que levam na cueca, aí pode ser que esteja na ‘bundância’ mesmo, então, dessa forma, é necessário que as empresas e partidos busquem soluções para superar isso… a boa e velha permuta sempre funciona. Para os partidos, tal qual num jogo de estratégia, tipo War ou Monopoly, alguns movimentos podem vir a trazer mais benefícios do que a grana na mão, afinal, o que tem de câmeras escondidas hoje em dia, é melhor mesmo os caras buscarem outros métodos…

Sendo assim, sem grana, os partidos aceitam cargos em locais onde possam gerar suas próprias receitas por conta… e é nessas horas que vemos alguns idiotas em cargos que, se fossem em empresas privadas, não seriam seus nem fodendo… literalmente… E é nessa hora que a gente não paga em cash, paga em prestação de serviço… um serviço onde ficamos a mercê desses idiotas despreparados, indicados por partidos que venderam sua mercadoria principal, a representatividade, apoio e votos, para conseguir aquela recompensa…

Lembrem-se amigos, que tanto na política, quanto em filmes pornôs, há inúmeras maneiras de foder uma pessoa…

Tá na hora de acordar, galera…

 

Read Full Post »

O socialismo já foi moda. Ainda é, na mente de alguns que acham que pessoas ricas são o mal do mundo, e a coisa seria muito melhor se os ricos fossem tão fodidos quanto os pobres… mas não é mais por aí…

Todo mundo sabe que os novos socialistas são os que estão com os bolsos cheios de grana, e aí fica bem mais fácil dizer o que os nojentos capitalistas subversivos, malvados e comedores de Big Mac, o símbolo do Imperialismo, deveriam fazer para um mundo melhor.

Pois é, e ainda tem gente que cai nessa palhaçada. É claro que, geralmente é gente com défcit cerebral ou algum militante em busca de regalias depois que o seu partido chegar no poder. Sacumé, o cabidão de emprego se vai à milhão. É a tática dos novos socialistas: Quando eu chego no poder, levo todos os meus ‘chegados’ para mamar junto comigo.

A realidade é essa. Mas, ainda haverá gente que acha que a igualdade entre os seres humanos, a divisão igualitária e blablabla Whiskas Sachê, é a solução para o mal do mundo e o freio da sanha capitalista que assola o mundo.

Bom, o Tio Ferris tem novidades para vocês, queridos neo-socialistas. VOCÊS SÃO UM BANDO DE RETARDADOS!

Não que eu adore o capitalismo, como a maioria do pessoal adora ‘raciocinar’ (Tipo: ame o Lula, do contrário você é amante do FHC. No auge do maniqueísmo abestado), eu simplesmente estou me dando ao luxo de colocar o pensamento para funcionar… sinapse, prática pouco usada atualmente pela imensa maioria (se o chapéu serviu, azar o seu, ou nosso, sei lá).

Vejam só o cenário concorrencial atual no mundo… e não só no mundo, até mesmo na Bahia!

Existem pouquíssimas empresas ganhando horrores de dinheiro apenas. E são elas os oligopólios ou monopólios… e era isso! O resto todo está vendendo a mãe, sem entregar, para conseguir sobreviver.

Houve sim um tempo, lá quando o Marx ainda era um filhinho de papai (qualquer semelhança com outros socialistas NÃO é mera coincidência), que achava que o patrão explorava os pobres coitados para obter mais lucro. Que o feudalismo seguia firme e forte com os senhores feudais sentados em cima de sacos de dinheiro (e dos seus) enquanto o povo todo se fodia trabalhando para eles fazerem porra nenhuma.

Pois eu digo que esse cenário, ao contrário do resto do mundo, evoluiu. Pero no mucho. Hoje em dia, os capitalistas seguem achacando seus funcionários, só que a GRANDE DIFERENÇA é que esse ‘lucro’ que iria para seus bolsos, hoje vai para os bolsos do GOVERNO! E essa merda de governo, que deveria pegar esse monte de grana que eles arrancam dos capitalistas, mais ou menos como os senhores de engenho arrancavam tiras de couro do lombo dos escravos insolentes, e fazer algo de útil para o resto do povo, e assim matar a sanha socialista da população, mas que resolve dividir entre os correligionários, no melhor estilo do nosso velho ESTAMENTO, que desde os tempos da coroa (a portuguesa, não a sua mãe), apenas dá privilégio aos fidalgos ou ‘filhos d’algo’, ou então filhos de alguém (por exemplo, o filho do Lula enriquecendo do dia para a noite durante o governo do pai).

Então, queridos retardados mentais, um socialismo até seria possível, só que vocês estão tentando foder com a classe errada…

Querem de fato um socialismo bonito e igualitário? Vão para Brasília exigir que esses fiadasputas entreguem a grana nas mãos de quem precisa de fato! Ou façam isso, ou vão todos à merda com essa ladainha sacal! E também parem com essa chatice de mendigar para tudo que é coisa, porra! Eles têm dinheiro sobrando… nós não! E como diria o outro lá: “Marx de cú é Hegel!

-Camarada, me empresta su mujer?

-Más ní cogendo!

Read Full Post »

Ao saber da notícia da Bethania ganhando uma verbinha básica para seu novo ‘trabalho‘, e, é claro, me roendo de inveja, afinal, eu também sou blogueiro, também faço e falo merda e não vou ganhar porra nenhuma com isso, resolvi criar o #BethaniaFacts no twitter… Sim, claro, não tinha nada melhor pra fazer e, então, resolvi ‘ofender’ um baluarte da MPB, que agora, de “Música Popular Brasileira”, passará a se chamar “Maria Poetisa Bethania”, já que só ela consegue tal façanha…

Todo mundo sabe que os ‘artistas’ e assemelhados costumam se beneficiar com isso… e, partindo do princípio que o Tiririca foi indicado para a comissão de cultura, nada mais deve ser visto com espanto no nosso país.

Eu acho que, já que essa lei Rouanet costuma privilegiar sacanagens de todo o tipo, deveriam abrir logo o benefício para as produtoras e artistas do ramo pornô, afinal, sacanagem por sacanagem, no das atrizes gostosas sempre é refresco…

É claro que uma legião de fãs da nossa tão estimada cantora (ou cantor, sei lá) irá achar que não tem limites para os blogueiros despeitados que só porque não ganharam 1,3 milhão do governo ficam aí fazendo piadinhas acerca da beleza da (monstra) cantora…

Pois eu, além do Caetano, achamos que a Bethania é linda (por dentro, porque por fora, DEUSOLIVRE!), dona Canô é linda e a Bahia é linda… ou não… então, não estou apenas zuando com o negócio, o que me irrita mesmo é achar que o pessoal chegou ao ponto de achar essa bandalheira toda normal… e, como não podemos escrachar nossos ícones, ficam aí revoltadinhos…

Pois saibam vocês, fãs da Bethania, que até o RESTART tem fãs… o FIUK também! Então, não é privilégio de vocês achar ‘uma puta falta de sacanagem’ o que estão fazendo com ela…

Também dirão que “o que é um peidinho para quem tá todo cagado?”, referindo ao fato de que se tem tanta merda no nosso país, pelo menos a Bethania prometeu dar mais poesia ao mundo… pois é… por essas e por outras que eu digo que a lei Rouanet deveria privilegiar mais as produtoras pornôs… questão de gosto… sei lá…

E tenho dito!

Quaisquer problemas ou dúvidas, ou em caso de fãs revoltados, favor encaminhar para o email: vãocatarcoquinhonaesquinausandosungapetitpois@mpbdecúérola.com.br

“Vocês vão ver que eu não sou só mais um rostinho bonito na mídia…”

 

Read Full Post »

“Se foi o mundão véio”, diria algum bagual aqui do Sul (Bagual, em gauchês, quer dizer grosso). Pois bem, realmente estamos em alguma época da humanidade onde está rolando uma seleção natural. Alguns dizem ser processos naturais de seleção, o que não ajuda em nada, pois tem gente morrendo pra caralho igual. A diferença entre isso e o que o Hitler fez é que a natureza parece ser mais socialista do que o doido de extrema direita, fodendo um pouco de cada canto do planeta.

Mas será que ‘causas naturais’ são de fato naturais? Nem todas… como já sabemos, existem débeis mentais com insanidade suficiente para brincar com a natureza nesse sentido. Tão duvidando? Já ouviram falar em “Guerras Climáticas” e do HAARP? Não? Pois deveriam… dêem uma lida nisso aqui (cliquem no link) então…

Essa cambada de sem mães aponta uma porra dum UltraMegaPowerTigerFú SubWoofer que emite ondas parecidas com aquelas que esses idiotas que entopem os carros com caixas de som para tocar Funks, Pagodes e outras merdas a céu aberto fazem. Pois essas ondas apontadas para o chão podem causar terremotos e tsunamis, e, se apontar para cima, fervem a atmosfera e geram desde secas à tufões, enchentes e o que mais quiserem…

Mas, como diria o sábio: Todos temos que saber com o que ou quem fodemos… e foder com a natureza pode não terminar no orgasmo que todos gostaríamos.

E, antes que me chamem de nazista, fascita, xiita ou macaca xita, deixo claro que meu intuito aqui não é me posicionar, mas sempre é tentar levantar a bola para os outros chutar. É fazer o pessoal ligar a ‘sinapse’ e começar a pensar além do que aparece na mídia. Pois então, nesse caso, algumas ‘limpezas’ são bem vindas. Explico. Cornos como esses, que manipulam a natureza para foder com os outros, são o pior naipe de criatura (não me atrevo a chama-los de gente). E, como não estou aqui para julgar ninguém, adoraria vê-los acertar as contas diretamente com o criador duma vez. Deixem o planeta para quem quer realmente viver nele. Eu disse VIVER NELE!

Pois eu já nem sei mais se esse monte de coisa que está acontecendo é por nossa culpa ou se é porque a terra passa por processos naturais. E não importa, o que eu sei é que, certamente o que fazemos por aqui impacta de alguma forma.

Acho que os novos tempos, na forma esotérica de pensar, remete a algum tipo de merecimento de nossa parte para estarmos por aqui. E, com certeza, alguns não merecem estar entre nós. É claro que não cabe a mim decidir quem é, mas, quem sabe, a natureza já está o fazendo?

Graças que estamos em um país onde temos poucas catástrofes naturais… Não temos tsunamis, terremotos e furacões. Mas temos o Sarney, o Genoíno, o Palocci, o Calheiros, o Severino, Collor, etc, etc, etc… (e coloquem aí desde os neo-liberais, esquerda, direita-volver, em cima do muro e mensaleiros, TODOS ELES!).

Pois é nessas horas que eu digo, a terra está em fase de punição em massa. E a nossa é não conseguir curar esse câncer chamado POLÍTICA que temos por aqui…

Mas, quem sabe se uma Mega-Tsunami em Brasília não resolveria? Tirando o fato de não ter mar lá…

O que eu sei, meus amigos, é que realmente tem gente que não merece habitar o planeta… e, nessas horas é que gostaríamos de ver mais bichos e menos gente por aqui…

Merecimento é a palavra…

Antenas do HAARP: São mais perigosas se pegarem a Globo no horário da novela das 21h

Read Full Post »

Festa popular?

E desde quando algo popular é necessariamente bom? Pode apenas ser imbecilidade coletiva…

Para começar, uma mulher que eu não faço a menor idéia de quem seja, mas que eu já me tornei fã fervoroso… tirando o fato dela ser mó gatinha… disse tudo o que eu gostaria de ter dito…

Bom, após a salva de palmas, quero dizer que, até que enfim alguém disse o que eu gostaria de ter dito, na mídia, e em uma emissora razoavelmente conhecida.

Época onde tudo é permitido…

Essa frase explica muito da merda da atualidade. O ‘é proibido proibir’ foi um dos maiores ‘tiro no pé’ da história. Em nome da liberdade incondicional, pode-se tudo e todo ser humano tem direito ao que bem quiser…

não é bem assim…

Como já disse, não tenho nada contra mulheres peladas rebolando em horário nobre, só acho que os ‘adicionais (no dos outros que é refresco, claro)’ decorrentes não são lá o que eu chamaria de civilidade…

E nada mais ridículo que ver uma propaganda, como a da Regina Casé, vendo um bloco de rua com pessoas tomando água sem gás e apenas dançando na rua… como se isso fosse a face da realidade do carnaval brasileiro.

Mas é claro que sempre temos (idiotas) relativistas de plantão para dizer que é uma manifestação do povo e blablabla…

Para se ter liberdade, antes de qualquer outra coisa, é preciso se ter noção, educação e, sobretudo, senso do ridículo. Um povo imbecilizado que vive do pão e circo, onde é mantido em cativeiro assistencialista sem sequer ter noção disso, que está a mercê de pseudo-ditadores em pele de neo-liberais, não pode se dar ao luxo de simplesmente PARAR 1 semana do ano. Caso vocês não saibam, estamos em um ano onde alguns sábios acham que a economia cresceu demais, então, vão inventar uma porrada de (achaques) mecanismos para por um freio nisso. Resumindo, vão nos atolar ainda mais o pau no rabo com impostos e alta de preços. E alguém aqui acha que o povo é que vai lucrar? É óbvio que um superávit tributário cairá de para-quedas no colo dos nossos nobres políticos, para que, sem saber o que fazer com tanta grana, aumentem seus próprios salários em 60% e deixem míseros 5% para vocês…

Se burrice doesse ou matasse, não teria SUS para tanta gente… já não tem desse jeito…

Enfim, viva o samba, as escolas que perderam 7 milhões em um incêndio e ainda conseguem, com garra, sorrir na avenida…

Ah, façam-me o favor!

Read Full Post »

Older Posts »

%d blogueiros gostam disto: